Oi people! Semana passada não consegui atualizar o blog, estávamos  viajando para cobrir dois casamentos em Santa Catarina e infelizmente o 3G estava bem ruim por lá. Foi bem difícil resolver qualquer coisa a distância. Chegamos hoje a tarde e por isso estou ainda respondendo aos poucos os e-mails que lotaram a caixa nos últimos dias. Logo consigo responder todos ta? :)))
Nesse tempo programei alguns posts novos pra vocês! Faz tempo que penso em escrever e nunca tinha tempo, né? Alem de fotos lindas, aguardem!

Inspirada no post do Vini Brandini resolvi explicar pra vocês como é o nosso processo de trabalho um pouco mais afundo.

Acho importante que vocês saibam como funciona a coisa toda, o porque de certos detalhes, até pra poder escolher melhor quem será o seu fotografo.

Cada fotografo tem uma maneira de trabalhar, isso varia bastante. Mas vou contar como é que a gente faz, ok? Nao existe uma regra, uma maneira correta, existe aquela que funciona com cada pessoa. E acho que a evolução, estudo, muuuuiiiitoooo estudo mesmo, faz com que os processos melhorem, se aperfeiçoem.

Nosso serviço principal é a cobertura fotográfica.   As  horas de trabalho no dia do seu casamento. Que varia de 5, 8, 10, até 12 horas as vezes. Fotografar exige muito, do nosso físico (ficar horas em pé, muitas vezes sem comer, com quilos de equipamento pendurado nos ombros, no outro dia dói tudo, acredite!) Além do esforço mental…  cálculos, técnicas, teorias, agilidade, sensibilidade… Uma infinidade de fatores.  Aí vem a etapa da pós produção (que consiste em edição e tratamento de cada foto, individualmente) e isso leva bastaaaante tempo. Um casamento rende um número muito grande de clicks. Na edição selecionamos as fotos que receberão tratamento. Rejeitamos as fotos repetidas, fotos com olhos fechados, fotos em que arriscamos para conseguir algo diferente e clicamos mais ate chegar no objetivo,  enfim …cada fotografo tem sua maneira de trabalhar essa edição e isso vai se tornando cada vez mais rigoroso, afinal as fotos são o resultado final do nosso trabalho.

O tratamento das fotos consiste em ajustes básicos de cor, brilho, contraste, preto e branco, alguns ajustes mais finos…  Isso porque preferimos finalizar os arquivos no computador, então a configuração que escolhemos ao clicar não deixa a foto sair pronta da câmera. Eu, particularmente, não gosto tratamentos pesados, modificações fortes demais. Gosto de naturalidade, de expressão.
Os nossos arquivos são brutos (raw) e nao vão abrir no computador sem um programa adequado ou sem que a gente faca um processamento para transformá-las em jpg. 

E entregamos todo o trabalho editado, finalizado, em ordem cronológica, com alta resolução. 
Esse processo leva bastante tempo, e como nós optamos (pelo menos ate hoje) por editar e tratar nós mesmos, garantindo assim a qualidade que gostamos, o trabalho é personalizado totalmente. Em contrato o prazo máximo para que as fotos fiquem prontas é de 45 dias corridos após o casamento.
Para nós, entregar os arquivos sem editar, sem tratar, não  é entregar o trabalho finalizado, mas sim pela metade. Nós fazemos um único evento por dia, estávamos presentes em todos os momentos e sabemos  porque de cada foto. Ninguém melhor para conseguir selecionar as fotos e editá-las de forma correta. Posso até ser apedrejada nesse minuto e juro que invejo os fotógrafos que conseguem se desprender desse trabalho e contratam editores. Um dia chegarei lá! :) Mas por enquanto, isso tem nossa atenção total. 

Outro fator que levamos em consideração é de não entregar 4000 fotos para os noivos escolherem as que irão álbum, se já eh difícil quando entrego 1000? Af! Selecionar as fotos, além de finalizar o trabalho,  ajuda eles né?
Entregamos copias em alta resolução e tambem em baixa, pra facilitar a vida na hora de visualizar ou enviar para amigos por email.

O álbum eh um produto consequência desse trabalho, desse serviço.
Acho importantíssimo imprimir um álbum, eh uma lembrança maravilhosa daquele dia e merece ser guardada com cuidado e carinho. 
Suas fotos merecem quadros, porta retratos e álbuns!  Não deixe de imprimir viu? 
Nossos álbuns tem design, tem linguagem… Estudamos a fundo design, fazemos cursos, workshops e congressos para aperfeiçoar nosso trabalho. Sempre buscamos o que há de melhor para os noivos.
Tudo tem um custo, impressões, acabamentos, caixas, maletas…  É legal enfatizar que tudo é definido e discriminado separadamente no contrato, com seus valores. Os noivos sabem quanto estão pagando por cada item contratado. E podem pedir alterações no álbum, que estão previstas no contrato também. É direito deles! E não sou eu quem define quais são as fotos que precisam de mais destaque no álbum, como a família, amigos,  pessoas importantes, etc… A aprovação final eh sempre dos noivos! Nunca nenhum álbum vai pra imapressao sem ok final deles.

Já escrevi um post sobre como escolher as fotos aqui. Se tiver dúvidas leia, tem ajudado bastante :)

Alguns fotógrafos não irão vender apenas o serviço de cobertura, pois já sofreram muito com a prostituição do mercado fotográfico e cada um a sua maneira achou um jeito de cobrar pelo trabalho. Eu, particularmente, ainda quero continuar tentando vender o SERVIÇO de fotografar o casamento, porque quero muito que nosso trabalho seja totalmente valorizado e não  apenas o álbum. Quero que as noivas saibam que não estão contratando apenas um Cd (com TODO o trabalho) e nem um álbum com as melhores. Mas sim o trabalho como um todo! 

No final você estará pagando por todo o serviço de qualquer forma, entende? 
Você terá as fotos, e em seguida o álbum com fotos, em um visual limpo, bem feito, de bom gosto, contando uma história! Um álbum de casamento não é um álbum de figurinhas todas juntas, coladas umas nas outras, (afinal você já tem todas e pode imprimir quantas quiser, pode encher o Facebook com as suas preferidas, mandar para os amigos, fazer um super quadro pra colocar no seu quarto), o álbum deve ser breve, ter espaço vazio para o olho descansar e chamar a atenção para o que é importante (a historia do seu casamento) sem firulas, sem modinhas. Não é preciso 10 fotos da entrada na noiva,15 do beijo e mais 7 da troca de alianças. Acredite! Uma boa foto conta muita historia sem precisar de legenda. 

Eu quero que suas amigas vejam seu álbum… vibrem em cada foto junto com você! E não fiquem torcendo em silencio pra que acabe logo!
:)

Sorry, acho que este post ficou longo, mas é valioso!
Beijos!

Postado em


Comente




2 responses to “Saiba o que você esta comprando – Sobre edição das fotos, álbuns e processo de trabalho.”

  1. Kenia says:

    Parabéns! Vocês conseguiram dizer muito bem o que faz um fotógrafo realmente profissional! Eu também passo por todos esses processos e o que me desanima é quando alguém diz: "essa sua máquina é boa, hein?".

  2. Kei Lopes Photography Brazil says:

    É realmente isso que deve ser feito, ter todo este cuidado.. acho que só quem gosta mesmo de fotografia que valoria este outro lado né… e Kenia, é exatamente isso que as pessoas enxergam, só a câmera kkk e não o trabalho como um todo do Fotografo.
    Não sou fotografa profissional, mas tenho todo este cuidado quando alguém me 'contrata' para fazer ensaio. E olha que tenho muuuito ainda a aprender..rs

Leave a Reply

Theme por Claudio Garcia Meliess.com - todos direitos reservados